Skip to main content
Article
O COTIDIANO E A CRIATIVIDADE: UM DEBATE ENTRE HANNAH ARENDT E HENRI LEFEBVRE
Revista Santa Rita (2013)
  • Susy Cristina Rodrigues
Abstract

Este artigo discute o cotidiano e a criatividade, do ponto de vista de Hannah Arendt e Henri Lefebvre. Embora estes pensadores analisem o cotidiano sob prismas diferentes, mesmo não tendo dialogado entre si, há a possibilidade de se realizar uma problematização sob dois aspectos: o primeiro analisa o cotidiano e a relação do homem com os objetos de uso, resultando na construção da confiança, na obra de Hannah Arendt - A condição Humana (1999). O segundo aspecto, em sua crítica à vida cotidiana, Henri Lefebvre apresenta uma discussão sobre as ações repetitivas que causam passividade no homem e o limitam na capacidade de criação. Neste texto, conclui-se que a vida cotidiana pode ser paradoxal, pois no pensamento de Lefebvre, a festa reencontrada se manifesta através da metamorfose do próprio cotidiano e para Arendt, o cotidiano resulta em experiências que desenvolverão a construção da confiança.

Keywords
  • Cotidiano,
  • criatividade,
  • construção da confiança
Disciplines
Publication Date
Winter June 1, 2013
Publisher Statement
Os direitos autorais deste artigo são de propriedade exclusiva da autora e da Revista Santa Rita, vedada qualquer reprodução, total ou parcial, em qualquer outra parte ou meio de divulgação, impressa ou eletrônica, passível de punição de acordo com a legislação, salvo se citado a fonte. Como citar este artigo: RODRIGUES, Susy Cristina. O cotidiano e a criatividade: um debate entre Hannah Arendt e Henri Lefebvre. Revista Santa Rita, São Paulo: Faculdade Santa Rita de Cassia. Junho/2013 – p. 30 - 37.
Citation Information
Susy Cristina Rodrigues. "O COTIDIANO E A CRIATIVIDADE: UM DEBATE ENTRE HANNAH ARENDT E HENRI LEFEBVRE" Revista Santa Rita (2013)
Available at: http://works.bepress.com/susy_rodrigues/2/