Skip to main content
Article
Direito à Língua Portuguesa e Lusofonia
As Artes entre as Letras (2012)
  • Paulo Ferreira da Cunha, Universidade do Porto
Abstract
Há manobras de diversão no problema do Direito à Língua, nos países lusófonos. Não é o Acordo ortográfico que nos deita os parentes na lama (muita da argumentação contra ele parece ser xenófoba, preconceituosa, etc.). O que realmente nos prejudica a língua e a cabeça lusófona é a capitulação provinciana de muitos de nós e das nossas instituições ao falar e ao pensar da globalização. Porque a Língua é a casa do ser, se falarmos (e pensarmos) muito numa língua alheia, a nossa cabeça começa a moldar-se à cosmovisão desse idioma. Sem prejuízo, é claro, da necessidade de conhecer o Outro, e de saber bem o que diz. O Direito é Língua é um dos mais elementares Direitos Humanos.
Keywords
  • Direito à Língua,
  • Acordo Ortográfico,
  • Lusofonia,
  • Globalização
Publication Date
June 13, 2012
Citation Information
Paulo Ferreira da Cunha. "Direito à Língua Portuguesa e Lusofonia" As Artes entre as Letras Vol. Ano III Iss. n.º 76 (2012)
Available at: http://works.bepress.com/pfc/159/